sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Ele




Ele aperta a minha mão, e meu coração soca as minhas costelas.
 É  quase uma dor, esse prazer.