domingo, 15 de janeiro de 2012

Nem é só isso...






A pé e de coração leve enveredo pela estrada aberta
Saudável, livre, o mundo à minha frente
À minha frente o longo atalho pardo levando-me aonde eu queira
Daqui em diante, não peço boa-sorte. 

Boa-sorte sou eu...



  Walt Whitman