segunda-feira, 9 de março de 2009

Medo...solidão..aí nessas horas a sdde do rio e de tds q estão lá quase me sufoca de dor...o peito dói mesmo...dói...n é figurativo...fulgás...é fato...essa dor vem c td a força...
Não tenho culpa por ser sensível...se eu pudesse escolher acho q não seria...
Lembro q qd conheci minha melhor amiga na 5 série...ela me disse...Maria...pra vc ser perfeita...falta pouquíssimo...aí fez assim c o dedinho...vc só n deveria ser tão sensível...vc se magoa tanto...sabe qd uma coisa n sai mais da sua cabeça..nunca...
Foi naquele dia q me deparei c ela (sensibilidade)...passo a minha vida tentando administrá-la...mas às vzs vem o nocaute...
Não sei lidar com determinadas pessoas...tenho por princípio ser coerente,íntegra,justa...n sobrecarrego ng e nem premito ser sobrecarregada...sou uma pessoa boa...ingênua...acredito em contos de fadas...
Há mt ...mt tempo alg n me magoava tanto...
Foi muito forte...
Um baque...
Meu coraçãozinho dói de sdde da meu rio e de tds q estão lá...meu coração dói com tanta injustiça...
Minha sensibilidade dói por tanta insensibilidade...



Mas o importante é que eu continuo...entre o medo e o deslumbramento, entre o fascínio e o abismo, palavra por palavra, sem medo, com muita coragem sempre!
E é somente isso que vale...