domingo, 3 de junho de 2012

Colando

“Tentei descobrir na alma alguma coisa mais profunda do que não saber nada sobre as coisas profundas. 
Consegui não descobrir.” 
(Manoel de Barros)