terça-feira, 15 de março de 2011

Me acompanhe ... a gente se vira...


È que eu queria não precisar mais escrever .
È que eu queria ter coragem de escrever tudo q vai aqui dentro.
È que meu coração é vagabundo...prostituído por simples lembranças.
É que eu queria entender como um sentimento pode ser capaz de persistir ...de ter sete vidas e renascer sempre ...mesmo após ter sido morto a queima roupa por várias vezes por um meliante...
È que eu não queria só escrever coisas tristes aqui...eu queria ser engraçada sabe...e não receber ligações dos meus amigos chorando pelo que eu escrevi.
Pra quem não me conhece acha que minha vida é de dramas..mas eu não sou assim...sou leve,divertida e humorada.
É que aqui dentro do meu coração tem uma coisa que não morre nunca.
Aqui dentro de mim tem mt sdde e frustração.
Talvez pq essa minha alma equivocada e tola acredite no que poderia ter sido.

Vem as lembranças e elas me derrubam...e de repente eu entendo e consigo assimilar o que está errado...e é só isso que está errado...é só essa história que não era p ter acabado...pq eu quis tanto sabe...eu lutei tanto .

Eu lembro de um certo colchão numa sala...eu lembro de um bebê da vizinha que fazia meus dias diferentes...eu lembro das reuniões e dos cigarros com coca cola...era lata de coca cola espalhada pela casa q eu dizia que parecia uma churrasqueira...cheia de tijolinhos aparentes..eu sempre odiei tijolos aparentes.

Vc sabe o q é partir e deixar td ficar?
Vc sabe ?

È que chega uma hora q vc consegue dissociar tudo..tudo plenamente...e eu morro mais uma vez...

E eu fico sem respostas...pq os sentimentos estão dentro de mim.
Fica o dito e o redito pelo não dito.
É uma escolha ,sempre é ,sempre.

O pior é que sabe, não há instruções.
 A gente joga aprendendo.
Me acompanhe que a gente se vira.
 E pés são pisados e ninguém tem direito de gritar, porque opa, eu nunca disse qual era o ritmo de qualquer jeito. 

Mas ...eis aqui a pessoa gritando.

E agora silêncio aqui no peito.

Vocês ainda vão querer falar sobre isso essa noite? 

Ou já passou da hora ?

É um escolha sempre é...E sempre.