segunda-feira, 14 de março de 2011

Sinto dores com nome daí faço o possível para que elas assustem menos...




Perdoaê...
Por tantos erros...
Por tanta insensatez...
Pela loucura...
Sou alguém tão pequena precisando de amor e ao mesmo tempo sou alguém tão grande que expulsa o amor o tempo todo...
Eu sou uma sanfona de esperança...
Eu tenho uma memória congestionada e um coração tentando curar as feridas...
Eu tenho estrias ,varizes e celulites na alma...
Me indicaê um bom esteticista...alto e forte por favor.

Mais ainda tem aqui dentro um lugar bem bonito esperando pra ser ocupado...
Às vezes eu quero sumir de mim... Terminar comigo...

Eu só não termino comigo porque depois dá um trabalho correr atrás...


Tem sido difícil ser eu...


Eu fico dando nomes pras minhas loucuras...
E tenho esperanças  que elas deixam  de ser...
Sinto dores com nome daí faço o possível para que elas   assustem menos...
Tenho esperado que problemas com nomes, passem a ser  problemas e não mais  loucuras...

Tenho a impressão de q quando eu parar p chorar...Será uma das coisas mais tristes do meu mundo...

Dia cú!!!!