terça-feira, 5 de julho de 2011

...



"Por favor, não venha. Eu prometo que paro de incomodar. Acho que eu só precisava levar isso ao limite até ver que na verdade não posso".
"Acho que faz sentido".
"É a coisa certa, não é"?
"Provavelmente. É, acho que sim".
"Não posso fazer isso com ele".
"Então está bom. Eu não vou".
"Não que eu não queira que você venha. Só estou pedindo a você para não vir".
"E eu vou fazer o que você quiser".
"Não, meu Deus, preste atenção. Estou pedindo pra você fazer o que eu não quero"...