sexta-feira, 22 de julho de 2011

...Nada pessoal...




Porque eu preciso  ser movida pela espontaneidade na expressão de seu afeto, e não ser norteada por determinadas convenções sociais...

Porque o  tipo de relacionamento que me faz bem é aquele que  me possibilita um constante aprendizado... 
Porque me sinto satisfeita ao lado de alguém com quem me envolvo em experiências  e que tragam expansão a meus horizontes perceptivos, culturais e intelectuais...

Demorei a saber de mim, não tive ajuda alguma de terapias ou análises...Só olhei pra mim durante  um casamento que me deixava triste e frustrada todos os dias...E filtrei esse olhar em mim um ano inteiro e hoje, sei bem o que eu quero e antes até mesmo do querer sei o que me fará bem, me sentir realizada e em paz...

Nenhuma conotação ou presença aqui de arrogância ou auto suficiência...Me moldei e hoje sou composta de equilíbrio,sensatez e segurança...Mas q ainda assim  não deixam de apresentar falhas vez ou outra...

A espera não é pela perfeição entenda bem, não é esse o caminho , porque sinceramente não há uma espera...Não ao menos uma daquelas ansiosas e urgentes...

Amo meu trabalho, minha família linda e alguns raros amigos...Dependo da minha liberdade e penso como Friedrich Nietzsche...

  • É necessário ter o caos cá dentro para gerar uma estrela...


E a minha preferida:

  • Odeio quem me rouba a solidão sem em troca me oferecer verdadeira companhia...
Eu do meu lado permaneço com meus namoros testes, meu trabalho, minha família e meus raríssimos amigos...




E  por enquanto opto por continuar solteira...

Nada pessoal, nunca...


Muitos beijos a todos os que são de beijos e obrigada uma vez mais pelas visitas e um excelente findiaê...