quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Nem foi tempo perdido



Eu tenho um pedido.

Talvez esse seja o mais difícil, mas vamos lá.

Eu falo do amanhã.

Queria continuar com a cabeça fresca, me apaixonando em cada esquina, não só por pessoas com quem eu queira ter um relacionamento, mas por idéias, por viagens, por livros, por filmes, por músicas, por animais, por cores, por sabores, por idiomas, por loucuras, pela razão.

Que na minha vida continue rolando esse amor às causas, para que eu ajude os outros nessa tarefa dantesca que é fazer as pessoas se permitirem mais.

Queria também que essas pessoas pudessem olhar para o seu futuro, para esse tempo que passa independente do nosso querer e somente nos entrega no amanhã o que fazemos hoje.

Espero muito que o tal do tempo passe, pra mim, pra vc.

E que seja da melhor forma possível .

No que diz respeito a mim, eu tô tranquila. Porque já faz um tempo que ando passando os meus melhores momentos com esse tal de tempo...