quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Depois? não sei...




As roupas de meses atrás não ficam mais legais em mim, os amigos não são mais os mesmos, falta uma mãe fazendo fuxico no sofá da sala ...

O coração não sofre mais das saudades do passado. . .E também se foram a dor, a melancolia... 
Falta espaço para carência, que foi passear em outros corações...

Tem uns novos aromas ainda sendo preparados, com muita calma, para não causar estranheza...
 Não há porque correr se meu destino é construído no tempo das minhas aspirações... 

O afeto aprendeu a se doar apenas para quem merece e o NÃO tomou seu lugar de direito...

 O melhor do meu mundo sou eu...

 Os pés não dançam mais os mesmos passos...

Ainda não há agenda nova, roupas novas, grandes certezas ou decisões...

 Há apenas a calmaria depois da tempestade... PAZ.

 2010 deixa para trás aquilo que não me acrescenta mais...
Não foi apenas um anoo indo embora...foi uma década...

E essa década levou meu maior amor...minha estrela...um anjo q está lá em cima olhando por mim...

 A tal da limpeza que muitos sonham, para mim aconteceu forçadamente e agora o ESSENCIAL toma seu lugar. 

Desapego-me com a certeza de que a minha parte do trato foi cumprida até o fim...

 O medo não me apavora..

 As conquistas não criam euforia, nem as dúvidas tristeza...

 Caminho só ou acompanhada, mas pelo caminho que quero...

 Mereço uma festa? Nem tanto...

 A minha paz vem acompanha de águas de tranquilidade...

Sem pressa e com muita firmeza...

 Resiliência e solitude foram incorporadas à minha pele...

 A ansiedade se transforma em obras...

 E o segredo tornou-se um grande amigo...

 Os deleites se encontram em mim e não precisam da propaganda para se concretizarem... 

Demiti todas as minhas lágrimas, todas as minhas certezas vazias, todas as minhas mágoas...

 Mas me deixa aqui...

 Me deixa em mim e era apenas isso que eu precisava...

 E é só isso que eu quero. 

...Desfrutar do acaso...