quarta-feira, 22 de junho de 2011

Que seja leve...









Ela sabe!!!

Não separe com tanta precisão os heróis dos vilões, cada qual de um lado, tudo muito bonitinho como nas experiências de química. Não há gente completamente boa nem gente completamente má, está tudo misturado e a separação é impossível. O mal está no próprio gênero humano, ninguém presta. Às vezes a gente melhora. Mas passa . (…) E que interessa o castigo ou o prêmio? Tudo muda tanto que a pessoa que pecou na véspera já não é a mesma a ser punida no dia seguinte.”


Lygia Fagundes Telles


Sigo acreditando na amizade verdadeira, mas no alto dos meus trinta e pouquinho aprendi que segunda chance ( ao menos p mim) te trará como consequência uma segunda decepção...
No caso, nem menciono decepção porque aprendi a rir e enxergar quão patético algumas pessoas são...


Escrevo muito aqui sobre drama, mas tento não utilizá-lo na minha vida Off Line...Aprendi a rir o quanto antes de tudo, mas eu não me refiro ao riso de desespero, aqueles usados pra passar recibos aleatórios de que sou bem resolvida e seguro as pontas...


Meu riso, assim como a minha vida, são leves...Ao menos me esforço nessa tentativa diária, e por essas e outras inúmeras razões é que escolho os que me acompanham e também os que me assistem...


Eu não separo, eu distancio os indesejáveis...Mas juro, não julgo, mas admito, me divirto...


Um excelente feriado a todos, um ótimo findi tb e muitos beijos e abraços a todos os que são ou ao menos tentam conviver com leveza...