segunda-feira, 7 de maio de 2012

Os pares

A vida não é muito acessível mesmo, mas somando as saídas encontradas por cada um, os vínculos amorosos nos guiam e conduzem. Bem dizia minha avó: não procure alguém cujas qualidades combinam com as tuas, mas sim aquele cujos defeitos se encaixem nos teus. Acrescento, busque alguém cujas deficiências tenham se tornado soluções, seus obstáculos saídas inusitadas. Os revezes estão na origem de modos peculiares de viver, definem mais do que as capacidades.
A questão não é o que o destino nos deu, mas sim o que conseguimos fazer a partir disso.

Diana Corso, trecho de Deficiências e amores.

Ler o texto completo, aqui.