segunda-feira, 11 de abril de 2011

Antes mesmo do amor, a minha busca é por ser aceita...







Então...
Eu queria que você entendesse o seguinte, eu não preciso que você me ame ainda mais por eu ter tido ou  um dia ter a suposta razão... Ou por eu buscar vitórias, e algumas vezes consegui-las...
A minha busca com você é diferente...
Eu não quero ser melhor que ele. Eu não quero que você ache que eu tenha razão e escolha estar ao meu lado em detrimento dele ou de quem quer que seja. Essa é a diferença enorme entre nós dois. Ele precisa provar que eu estou errada ... Aliás, que todos ao seu redor estão errados.
E dessa forma ele consegue sobressair-se e preservar os sentimentos que você destina a ele...
Ha muito tempo eu deixei de ser  insegura, abandonei certas vaidades.
Entenda... Falo pra você, o que eu penso, e é o mínimo que exijo das pessoas que eu amo...
Não quero ser melhor que ele ou melhor que ninguém na sua vida , na vida das pessoas que me são queridas.
O que eu quero é que você seja melhor...
Eu quero que as pessoas que eu amo sejam melhores e eu sempre contribuirei pra isso.
Aceite, minha busca  não é nem nunca foi por ele...
A minha busca é por você e eu sei que você sabe disso...
Quero ver beleza na sua vida...Quero que esses seus lindos olhos, encontrem novamente a magia ...
Lembro daquela magia da menina que sorria com uma simples caixa de qualquer coisa...
A magia vibrante anexada ao humor sarcástico de uma mente brilhante e unica...


Essa tem sido a minha busca irmã...Esse tem sido o meu caminho...
A vida inteira eu ouvi recusas (das pessoas que me amam ) sobre a aceitação da pessoa que estava ao meu lado...
Nunca eram bons o suficiente para estarem comigo...Tá bom...Tá bom...eu nunca soube mesmo escolher Errei  feio com alguns...Mas, nenhum nunca passou no teste de qualidade de algumas pessoas...
E sabe, há muito tempo eu deixei isso de lado também...
Hoje vejo a cena...eu andando e vendo cair os ítens que vieram de série, por sobre os  meus ombros:


Cai a vaidade...
Cai a necessidade de aprovação...
Cai a insegurança...
Cai a ingenuidade...
Cai a ilusão...


Eu achava que eu era diferente das outras pessoas sabe...Mas, não né? sou nada cara...eu sou igual a todo mundo ...Só que eu tenho um detalhezinho que sempre sobressai...Eu falo o que eu penso...Eu me exponho...
Se eu quero um relacionamento? ...Claro, e quem não quer?
Mas, entenda, eu não busco amor somente ...Amor por amor eu já tenho...
Antes mesmo do amor, a minha busca é por ser aceita... Por ele ...seja ele quem for..
E sabe, isso é difícil pra cassete...


Fui muito amada ... Mas, acho que nunca fui aceita.
Daí eu  aprendi com a vida e com a dor que a presunção também me guia... 
Da mesma maneira, gosto de tudo o que há de melhor e sigo crenças que aos outros soam até mesmo patéticas...
Não exijo e nem acredito em fidelidade e todo esse blá blá blá que mantém duas pessoas juntas (uma né, porque o outra meu bem...Vai morrendo pelo caminho) Defeitos,  todos nós temos. ..Se tentamos mudá-los ou não, pouco importa.
Mas importa, e muito, que aceitemos os dos outros e estejamos abertos para, quem sabe um dia, possamos amá-los pelo que são. 

Maluca  pra caralho? Maybe... 


Busco por uma relação onde os   diálogo sejam  construtivos sabe,  aqueles que não deixam espaço para a autodefesa, para o ataque ou para a sobreposição do certo sobre o errado...
Sim, sou porra-louquíssima... ( como já disse antes )
Desde a infância...
Bebo como um profissional do álcool, fumo além do permitido por qualquer organização ligada à saúde, cometo gafes diárias...


Mas quer saber?
Eu sou feliz...pra caráleo...


 Eu acredito, sim, em um mundo em que ao menos as pessoas próximas a mim vivam sem tantas amarras e culpas...


Melhor: que vivam sem tantas verdades. 


Pois será a partir daí, e somente a partir daí, que seguiremos apenas com o coração. 

Então...me aceita?