segunda-feira, 4 de abril de 2011

Eu sou poeta e não aprendi a amar...




Precisa-se e oferece-se, vou pôr um anúncio em negrito: 
Precisa-se de alguém homem ou mulher que queira receber alegria de outra pessoa...essa pessoa está tão  contente não pode ficar sozinha com a alegria, e precisa reparti-la. 
Paga-se extraordinariamente bem: minuto por minuto paga-se com a própria alegria. É urgente pois a alegria dessa pessoa é transbordante ;
Precisa-se urgente antes da noite cair porque a alegria dessa pessoa fica bem mais bonita e noite ... 
Essa pessoa que atenda ao anúncio só tem folga depois que passa o horror do domingo que vem... 
Não faz mal que venha uma pessoa triste porque a alegria que se dá é tão grande que se tem que a repartir antes que se transforme em drama...
Implora-se também que venha, implora-se com a humildade da alegria-sem-motivo. Em troca oferece-se também uma casa com todas as luzes acesas como numa festa de bailarinos. 
Dá-se o direito de dispor da copa e da cozinha, e da sala de estar. 
P.S. Não se precisa de prática.
E se pede desculpa por estar num anúncio a dilacerar os outros.
Mas juro que há em meu rosto sério uma alegria até mesmo divina para dar.



Clarice Lispector
Adaptado por : Maria Milesi

Estou sendo nutrida    e alimentada pelas mais belas surpresas.
Consigo encantar  até mesmo a  menina do caixa emburrada. Ando pelas ruas e vejo as pessoas olhando pra menina  q passa...Tenho conseguido transformar tudo ao meu redor, Profissionalmente  estou na melhor época da minha vida, fui jantar hoje com  pessoas queridas que desperdiçaram seu tempo pra me mostrar um pouquinho a cidade, pessoas mega ocupadas que perdem seu tempo comigo, que riram do meu sotaque(coisa q acho que não tenho)...
Estou em outra cidade  cumprindo a minha rotina de trabalho de sempre, fui convidada p ir ao show do Iron maiden amanhã...rs...veja só...
Recebi propostas p ficar por aqui e trabalhar com publicidade.
Não quero ser arrogante nem auto confiante demais, Pode ser o meu carisma, n sei ...já ouvi falar que ele é o responsável por minhas glórias. Só sei que estou   muito feliz, muito realizada, cogitei até mesmo a hipótese de repensar numa decisão. 
Mas vi ( intuição também é o meu forte) que não valeria a pena, que determinadas coisas ou pessoas estão no nosso passado, que tudo passou e que na verdade nunca fui capaz de amar alguém a ponto de abrir mão dos meus jantares, das minhas viagens, dos meus amigos é difícil admitir que o amor ainda não se apresentou verdadeiramente pra mim. Mas o resto...Ah  o resto que não é resto é perfeitamente  vital  e prioritário na minha vida. 

Hoje foi um dia bom, até mesmo pelas imperfeições apresentadas.

Vida ...ei vida...Pode chutar e por favor, retirem a barreira, porque  a goleira é "Boa"...