sexta-feira, 29 de abril de 2011

Mas sou minha só minha...E não de quem quiser...




Mais uma vez ...
Uma vez mais decidi finalizar antes da evolução, tenho me tornado perita em abortar futuras emoções ...
Covarde...esse é o novo adjetivo que pode ser vinculado a mim...
A moça que cresceu a procura das melhores emoções, hoje foge delas parecendo uma maratonista da são silvestre...
Meu senso prático e racional tem me desnorteado...
Essa negação, esse pavor, esse temor da vulnerabilidade ultrapassou os limites que considero razoável...
Esse corte está aberto e além da dor, lido com a decepção dessa fuga...
A constatação do que uma  ex relação me causou, lidar com a impossibiliadade de confiar a ponto de me entregar a uma outra pessoa que até então estava fazendo tudo certo...
Não consigo me entender ...[Mas preciso me defender full time...]
Me defender daquele sorriso,daquele olhar,daquele cheiro...da voz...
Não desisti porque não era o que eu queria...desisti porque era o que eu queria...
Contraditório eu sei...patético ao extremo também sei...medíocre...nem precisa avisar...
Um conforto?
-Sei que não tenho mais amor ou saudade de uma relação que me destruiu...Isso eu eliminei...ou foi eliminado, não sei...
O próximo passo agora é : aprender a confiar...
Estou no caminho eu sei...Uma hora alguém fará com que eu me entregue e perca toda a desgraçada da razão...Uma hora alguém insiste em mim...e ae vamos descobrir o mundo juntos baby...

 Mas...Comofaz pra ser tipo: agora?

" o que fazes por sonhar é o mundo que virá p/ ti..."

Estou indo passar o findi na praia com amigos maravilhosos, beber vodka, pegar sol, se ele permanecer, rir e não pensar em mais nada...
Agradeço todos os abraços mega apertados enviados...Vocês fazem eu morrer de saudade até mesmo de me expor...

Beijos a quem é de beijos e abraços a quem é de abraços...

Bomfindiaê...